Entrar | Ainda não possui usuário? Inscreva-se!

ENECOMP 2009

de 04 à 08 de Setembro de 2009

Palestras

Em breve, a equipe responsável pelo temário do ENECOMP 2009 fará uma Chamada de Palestrantes, as informações serão divulgadas nesta página. Note que há uma chamada separada para a inscrição de trabalhos acadêmicos.

Infraestrutura

  • Auditório
    • Capacidade: 800 lugares
    • Localização: Térreo
  • Sala 113
    • Capacidade: 120 lugares
    • Localização: 1o. andar

Palestrantes confirmados

Jon "Maddog" Hall
As duas palestras terão tradução simultânea.
Título da palestra 1: Future-proofing your education
Resumo da palestra: You want to work with computers, great! You love your computer science courses! Fantastic! That is the good news.
Now the bad news.....other courses are necessary also! But what other courses, and why?
This presentation is about the types of jobs that exist in the computer field other than just "programming" or "systems administration", and the type of education that you might need today for those jobs far into the future.
In addition, this presentation will discuss ways of continuing your education even after you leave university, and ways of extending your education at the university today.

Título da palestra 2: Bridging the digital divide with free software
Resumo da palestra: What if you could sustain a reduction in computer energy requirements, improve people's computer experience, make computers easier to use, take people off of welfare while creating two to three million new jobs inside of Brazil, double the number of Free Software programmers in the world, improve education over-all, save the world economy about ten billion Reis a day, and do all of this with no money from taxpayers?
This talk will cover these topics. Creating World Peace will follow.

Currículo: Presidente fundador da Linux Internacional, tem mais de 40 anos na indústria de Software. Ocupa a maior parte do seu tempo em eventos de software livre pelo mundo.

Amintas Lopes Neto e Fábio Cunha
Título da palestra: Microsoft e Interoperabilidade: Queimando os navios
Resumo da palestra: Apresentar visão histórica e evolução do mercado de software livre e apresentar as iniciativas da Microsoft em interoperabilidade.
Currículo Amintas: Juntou-se à Microsoft como Gerente Executivo de Relações Acadêmicas em Setembro de 2005, tendo trabalhado anteriormente como professor de banco de dados e linguagens de programação por muitos anos em diversas instituições de ensino. Graduado em Análise de Sistemas pela FAAP, pós graduado em Análise Estruturada e Modelagem de Dados pela Fundação Alvares Penteado e Mestre em Administração de Negócios pela University of Victoria, Canadá. Sua experiência profissional inclui mais de 18 anos de atuação como Analista de Sistemas e Desenvolvedor de Software em empresas brasileiras e estrangeiras, atuando no desenho e desenvolvimento de soluções com diversas tecnologias e ambientes operacionais. Adicionalmente, é profissional certificado Microsoft possuindo os títulos MCAD .NET, MCSD .NET e MCDBA SQL Server 2000.
Currículo Fábio: Responsável pelo acordo Microsoft & Novell na América Latina. Foi gerente de programa do Laboratório de Interoperabilidade da Microsoft na UNICAMP. Participou da criação e fundação do PISO/RP , Pólo Industrial de Software de Ribeirão Preto, entidade que fomenta o desenvolvimento da indústria de software no interior do estado de São Paulo. Trabalha com infra-estrutura e desenvolvimento de software em plataformas Windows e Unix desde 1983.

Anahuac de Paula Gil
Título da palestra 1: Software Livre um negócio bom!
Título da palestra 2: Complexo de formiga
Currículo: Membro fundador do G/LUG-PB - Grupo de Usuarios Gnu/Linux da Paraíba, trabalha com informática a mais de 20 anos, tendo implementado soluções de redes e conectividade na Secretaria de Educação e Cultura da Cidade do Recife em projetos de informatização popular patrocinadas pelo Ministério de Educação e Cultura do Brasil. Professor técnico e universitário por mais de 14 anos. É Sócio-Diretor do Projeto KyaPanel - Gestor de Servidores - http://www.kyapanel.com .

Antonio Terceiro
Título da palestra 1: Conheça o Noosfero - um software livre para redes sociais
Título da palestra 2: Criando um empreendimento para trabalhar com software livre: lições aprendidas na Colivre
Currículo: Desenvolvedor de software livre, colaborador de projetos como Debian, TWiki e outros. Ativista no coletivo Projeto Software Livre Bahia, fazendo palestras, organizando eventos e elaborando material de divulgação do software livre. Doutorando do Programa de Doutorado Multi-institucional em Ciência da Computação (UEFS/UFBA/UNIFACS). Atua profissionalmente com desenvolvimento de software livre na Colivre – Cooperativa de Tecnologias Livres.

Cláudio Filho
Título da palestra 1: Software livre - revolução ou futuro?
Resumo da palestra: O software livre, diferente do que muita gente imagina, surgiu no meio acadêmico, amadureceu de maneira assombrosa e hoje é reconhecido no como uma solução tecnológica consistente pelo mercado, mas a academia está pronta para entendê-la? A abordagem desta discussão é tentar entender se é apenas um modismo da área, tendência ou futuro sobre as perspectivas de mercado, governo e profissional, além de entender os impactos deste novo paradigma.

Título da palestra 2: BrOffice.org - é bom para você?
Resumo da palestra: O BrOffice.org é um dos principais projetos de software livre do país que tem contribuído fortemente para a redução da evasão de divisas no país, colaborado para o desenvolvimento de PEMEs TIC em todo o país, além de ser objeto de estudos por diferentes áreas do conhecimento dentro da academia. O objetivo deste trabalho é demonstrar do que falamos quando o assunto é BrOffice.org, isto é, explicar o que é a comunidade, o produto, a plataforma de desenvolvimento e a ONG, além dos benefícios para alunos, professores e entidades de ensino fazerem parte deste projeto, avaliando seus impactos sociais, culturais, tecnológicos e econômicos, bem como suas repercussões na sociedade e no mercado em geral.

Currículo: Graduado em Sistemas de Informação, trabalha com TI desde 1988, e com Linux desde 1994. Iniciou no mundo do software livre no ano 2001, com a localização do OpenOffice.org para o português do Brasil, criou as comunidades brasileiras de PostgreSQL e Mozilla. Na atualidade, trabalha como acessor na Unidade de Desenvolvimento de Software Livre - UDSL - da Dataprev, em Brasília e continua participando nos projetos de Código Aberto e Software Livre.

Corinto Meffe
Título da palestra: Software livre no Governo Federal
Currículo: Gerente de Inovações Tecnológicas da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação, do Ministério do Planejamento. Atualmente, coordena o projeto do Grid Computacional do Governo Federal Brasileiro, o Portal do Software Público e a estruturação do Mercado Público Virtual, espaço onde uma rede de prestadores de serviços oferecem serviços para as soluções livres do governo.

Cristina Kiomi Mori
Título da palestra: Inclusão digital
Currículo: Atua no Programa de Inclusão Digital do Governo Federal como assessora da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, na assessoria responsável pelo Projeto Computadores para Inclusão, pelo Observatório Nacional de Inclusão Digital e pela Oficina para Inclusão Digital. É responsável pela coordenação executiva do Projeto Nacional de Apoio a Telecentros do Governo Federal. Entre 2003 e 2004, atuou na implantação de telecentros em comunidades ribeirinhas da Amazônia. Possui graduação e mestrado em Comunicação Social pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo – USP, e doutorado em andamento no Programa de Pós-Graduação em Política Social da Universidade de Brasília – UnB.

Dickson S. Guedes
Título da palestra: Conhecendo o PostgreSQL e as novidades da versão 8.4
Currículo: Atua há mais de 10 anos na área de Tecnologia da Informação; possui ampla experiência na administração de ambientes de missão crítica. Vivência na área de administração de banco de dados e de servidores. É um dos organizadores da Comunidade Brasileira de PostgreSQL, administrador do site www.postgresql.org.br e atualmente atua na administração de banco de dados PostgreSQL em ambiente OLTP, na Confederação Nacional das Cooperativas de Crédito Solidário.

Fábio Akita
Título da palestra: Ruby on Rails
Currículo: Gerente de Produtos de Hospedagem na Locaweb, ajudou a implantar Ruby on Rails pela primeira vez num grande hosting no Brazil. Ano passado também organizou o Rails Summit Latin America, o primeiro grande evento de Rails na América do Sul. Antes disso trabalhou na consultoria americana Surgeworks LLC, prestando serviços relacionados a projetos Ruby on Rails, com o cargo de Brazil Rails Practice Manager. É o autor do primeiro livro de Ruby on Rails com conteúdo original escrito em português, \"Repensando a Web com Rails\". Coordenou alguns projetos de tradução como o livro \"Getting Real\", da 37signals sobre gerenciamento de projetos pragmáticos para a Web. Seu blog, http://www.akitaonrails.com, é porta de entrada para a comunidade Rails no Brasil, twn participação nas lista rails-br e no fórum Rubyonbr.

Flávio Gomes da Silva Lisboa
Título da palestra: Zend Framework
Currículo: Bacharel em Ciência da Computação cursando atualmente a especialização em Aplicações Corporativas usando Orientação a Objetos e Tecnologia Java na Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Trabalha com programação de computadores há mais de dez anos, com diversas linguagens. Foi analista da diretoria internacional do Banco do Brasil, onde manteve sistemas de controle de financiamento à importação e exportação e hoje trabalha no Serviço Federal de Processamento de Dados. É escritor de livros de informática, contribui com a comunidade de software livre, já ministrou aulas em curso de pós-graduação e atua desde 2008 no projeto

Giovani Pisa
Título da palestra: Bioinformática
Resumo da palestra: Esta palestra visa informar os estudantes da área de computação em geral a respeito de tópicos relevantes em Bioinformática, como conceitos sobre Biologia Molecular, Algoritmos de alinhamento de seqüências biológicas – DNA, RNA e Proteína, e informação a respeito de bancos de dados públicos de seqüências. A área de pesquisa Bioinformática - área multidisciplinar que combina técnicas de Biologia Molecular, Computação, Estatística e Matemática - tem recebido muita atenção nos últimos anos, particularmente em meados da década de 90, com o crescimento exponencial de seqüências depositadas em bancos de dados públicos, devido ao aumento na popularidade de técnicas de seqüenciamento, notadamente o Método de Sanger. Atualmente vivemos uma nova explosão no numero de seqüências depositadas e analisadas, graças às no técnicas de seqüenciamento, chamadas de tecnologias de seqüenciamento de segunda geração, que no prazo de poucas horas pode gerar Gigabites de dados biológicos oriundos de um único experimento, tornando a Bioinformática um campo em franca expansão.
Currículo: Possui Graduação em Ciências Biologicas (2004), e Tecnologia em Sistemas de Informação (2008) pela Universidade Federal do Paraná e Mestrado em Ciências (Bioquímica) pelo Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular da Universidade Federal do Paraná (2006). Atualmente cursando Doutorado em Ciências (Bioquímica) pela Universidade Federal do Paraná (2006), na área de diversidade de bactérias. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Biologia Molecular e Bioinformática. Na área de Bioinformática participou de projetos de identificação de bactérias com base no reconhecimento de padrões de seqüências de DNA, com o uso de Redes Neurais Artificiais.

Gustavo Niemeyer
Título da palestra: Cloud computing

Gustavo Pinto
Título da palestra: TDD com Python: quando, como e onde?
Resumo da palestra: A palestra vista apresentar o método de desenvolvimento de software TDD (Test-driven development), que é uma técnica de desenvolvimento baseada em pequenas implementações por iterações, sendo que as implementações são baseadas em dados de testes previamente escritos. Dessa maneira, é escrito o código estritamente necessário para passar no teste, e posteriormente, tanto o teste quanto o código de negócios são refatorados. A palestra ainda apresentará conceitos sobre o teste de unidade, especificamente em Python, utilizando exemplos de como utilizar TDD nos seus programas Python, mostrando suas principais vantagens.

Henrique Sousa
Título da palestra: Identificação automática de serviços em uma abordagem SOA
Resumo da palestra: O objetivo da palestra é apresentar brevemente a Arquitetura Orientada a Serviços (SOA), a Modelagem de Processos de Negócio (BPM), a ligação entre as duas tecnologias e o ponto principal: a identificação automatizada de serviços a partir de modelos de processo de negócio. A identificação automática de serviços a partir de modelos de processos de negócio é um objeto de pesquisa que está sendo desenvolvido atualmente pelo Núcleo de Pesquisa e Prática em Tecnologia (NP2TEC – UNIRIO) para a Petrobras, que visa implantar a arquitetura para oferecer serviços de acordo com o interesse de suas gerências.

João Eriberto Mota Filho
Título da palestra: Forense computacional em Linux for dummies - uma rápida visão introdutória
Currículo: Oficial de Cavalaria do Exército Brasileiro. Gerente de Rede e de Segurança em Rede do Gabinete do Comandante do Exército. Coordenador e professor da Pós-graduação em Software Livre na Universidade Católica de Brasília e professor da Pós-graduação em Perícia Digital. Autor dos livros Linux & Seus Servidores (2000), Pequenas Redes com Microsoft Windows (2001), Descobrindo o Linux (2ª edição em 2007) e Análise e controle de tráfego em redes TCP/IP (em andamento). Líder do Projeto HLBR (hlbr.sf.net) e desenvolvedor em outros projetos. Mantenedor Debian, empacotando diversos programas.

Luciana Mota
Título da palestra: Demoiselle Framework - uma plataforma para padronização e reuso de aplicações Java
Currículo: É especialista em Redes de Computadores, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente, trabalha como Analista de Sistemas na Coordenação Estratégica de Tecnologia do SERPRO, em Curitiba, integra a equipe responsável pelo Projeto Demoiselle. Faz a gestão do ambiente colaborativo de desenvolvimento e é palestrante em eventos da comunidade acadêmica, que compõem o plano de divulgação do projeto.

Marco Rosner
Título da palestra: Por que todo programador deve usar sistema de controle de versão?
Resumo da palestra: Sistemas de Controle de Versão (SCV) são ferramentas indispensáveis para uma equipe de desenvolvimento de software (seja ela distribuida geograficamente ou não). Existem muitos SCV no mercado, alguns livres, outros comerciais. Será mostrado nessa palestra, o que é um sistema de controle de versão, qual suas características, sua terminologia e seus conceitos fundamentais. Também será dada uma introdução sobre SVN e GIT e seus principais comandos.

Mirella M. Moro
Título da palestra: FAQ: SBC para estudantes
Currículo: Professora adjunta do Departamento de Ciência da Computação (DCC) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Possui doutorado em Ciência da Computação pela University of California in Riverside (2007), e graduação e mestrado em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Após o seu doutoramento, foi bolsista CNPq PDJ (PosDoc Junior) no Instituto de Informática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tem atuado como revisora de artigos em várias conferências e periódicos importantes na área. É Diretora de Educação da SBC (Sociedade Brasileira de Computação) e editora-chefe da revista eletrônica SBC Horizontes. Seus interesses de pesquisa estão nas áreas de Banco de Dados e Sistemas de Informação, incluindo tópicos como processamento de consultas para banco de dados semi-struturados e XML, sistemas de disseminação de conteúdo (publish-subscribe), banco de dados temporais e com versões.

Paloma Costa
Título da palestra: Provendo acessibilidade na web para a educação a distância
Currículo: Profissional com nove anos de experiência em Desenvolvimento de Sistemas e Tecnologia de Informação. Possui conhecimentos nas áreas de desenvolvimento Web Java/J2ee, orientação a objetos, modelagem e análise de sistemas e três anos de experiência na área de Testes de Software com foco em Testes Automatizados, Usabilidade e Acessibilidade. Usuária linux desde 2002 e participante da organização do Fisl desde 2005.

Paulino Michelazzo
Título da palestra: Criando e sustentando uma empresa livre
Currículo: Paulino Michelazzo, 37 anos, é web developer e escritor técnico. Trabalha na área de tecnologia desde 89, desenvolvendo aplicações cliente-servidor e depois para Internet em várias linguagens, tais como PHP, ASP, Cold Fusion, JSP, CGI, etc. É atuante na comunidade de software livre desde 2000 principalmente traduzindo aplicativos para o idioma português e como membro de vários projetos de software livre como PHP Planet, ELKS e Bugzilla-BR. Prestou serviços para as maiores companhias de software proprietário mundiais, tais como Microsoft, Oracle, IBM e Macromedia, todas elas na área de treinamento e desenvolvimento de material técnico. Foi membro da diretoria da Mambo Foundation na gestão 2006/07, sendo o único latino-americano até hoje a galgar tal posição. Já palestrou nos maiores eventos de Software Livre nacionais e internacionais tais como FISL (2002 a 2004), III Congreso Internacional de Software Libre, Medellin – Colombia, Guadec 2004, IV Jornadas Regionales de Software Libre, Montevideo – Uruguay, I, II e III Encontros de Software Livre do Amazonas, I, II e III Congressos Catarinense de Software Livre, I LacFree, Cusco – Peru, V Congreso Internacional de Software Libre, Cochabamba - Bolivia, II e III Jornadas de Tecnologia, Senac/GO e outros. Depois e um ano trabalhando como System Develop Specialist na ONU - Organização das Nações Unidas em Timor-Leste, onde era responsável pelo desenvolvimento de aplicações para o Ministério da Justiça deste país, retornou ao Brasil onde presta serviços de desenvolvimento web e uso de ferramentas de gerenciamento de conteúdo. Também é autor de vários artigos na imprensa mundial e co-autor do livros Software Livre e Inclusão Digital, editado em São Paulo e Internet: o encontro de dois mundos, editado no Rio de Janeiro.

Paulo Christiano
Título da palestra: Ubuntu - Libertando seu desktop!
Resumo da palestra: Esta palestra, objetiva sanar a falta de conhecimento existente em relação ao Gnu/Linux na área de Desktop, ou seja, seu uso no dia a dia. Nesta palestra é demonstrado que, hoje é uma opção acessível e completa para o usuário final. Além de demonstrar esta belíssima distribuição acessível a todos. - Desktop Livre é possível? - Ubuntu e suas qualidades - Interfaces Gráficas - Configurações Básicas (repositórios, ubuntu-restricted-extras, non-free-codecs etc.) - Aplicativos para uso do dia dia - Broffice.org - Lauchpad. - Como ajudar a contribuir com o Ubuntu - Divulgação, suporte, documentação, tradução - Times do Ubuntu: artwork, desenvolvimento, anti-bug, LoCo, etc.

Pedro Antonio Dourado de Rezende
Título da palestra: Revolução digital e processo normativo
Resumo da palestra: A revolução digital é uma revolução na medida em que altera relações de poder em favor de quem controla fluxos informacionais. Numa sociedade informatizada, cujas práticas sociais são intermediadas por TICs de capilaridade, complexidade e integração crescentes, este controle se sustenta com domínio dessas tecnologias e do processo normativo que regula seus usos.
Conforme a tecnologia em foco, esse domínio se exerce, em doses variadas, pelo controle das configurações e das operações de uso das mesmas, e pelo dirigismo em processos legislativos destinados a obrigar usos sob tal controle, ou a coibir usos que dele escapem. Tal conjuntura transforma os teatros de guerra, onde os papéis e as ações estratégicas do Estado e de grandes Corporações passam a sofrer profundas transformações. Dentre outras, transformações provocadas por mudanças que esses usos promovem, para os diversos interesses envolvidos, nas fronteiras de eficácia entre cooperação e competição.
Uma percepção limitada desta conjuntura, e do que está em jogo com suas profundas mudanças, pode produzir distorções, como a ilusão de que a atual crise econômica sinaliza esgotamento dos modelos e da ideologia neoliberais. Nesta palestra procuraremos oferecer uma leitura desta conjuntura segundo a qual a atual crise, ao contrário, representa novas oportunidades para ofensivas unilateralistas, nas quais interesses hegemonico-monopolistas convergem para e através do domínio das TIC "em nome do interesse público".
Tomaremos como fio condutor a iniciativa, promovida por países centrais ao capitalismo, em seguimento à primeira iniciativa de um tratado global para combate a crimes cibernéticos -- a convenção de Budapeste --, agora em busca de um mais um tratado internacional, o ACTA. Da negociação de nenhum deles o Brasil participou, ou participa, enquanto sofre pressões crescentes para aderir ao primeiro, contra sua estabelecida prática diplomática de não aderir a tratados internacionais de cuja negociação não tenha participado.
O que esses tratados destacam é a busca de eficiácia no combate a esse tipo de crime, mas o que não destacam é a lógica econômica que calibra a definição desses novos crimes, de novas processualísticas para coibí-los, e os possíveis e prováveis efeitos colaterais da interação entre ambos. O que tem vazado das tratativas secretas do ACTA revela estratégias atualmente empregadas para aquele tipo de convergência, pelo que cabe especular quais interesses abrigados em Estados e sociedades periféricos ao capitalismo podem ser contemplados por tais estratégias.

Currículo:Matemático e Professor no Departamento de Ciência da Computação da UnB, onde atualmente leciona. No vale do silício, trabalhou com controle de qualidade na Apple Computer, em 1988. Publicou no Brasil, no exterior e na web, mais de uma centena de artigos e ensaios sobre a revolução digital, software livre, criptografia, segurança na informática, evolução de programas maléficos, paradigmas computacionais e epistemologia da ciência. Assinou a coluna "Segurança, Bits & Cia" no Jornal do Commercio de 2002 a 2003.
Consultor para criptografia e segurança na informática a empresas, órgãos públicos, legisladores, operadores do Direito e agências de fomento à pesquisa científica e à produção cultural. Coordenador do Programa de Extensão em Criptografia e Segurança Computacional da UnB, conselheiro do Instituto Brasileiro de Política e Direito na Informática, ex-conselheiro da Free Software Foundation Latin America (2006-2008), e ex-representante da sociedade civil no Comitê Gestor da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira, ICP-BR (2003-2006).

Raissa Santana
Título da palestra: Podcasting: Produzindo Inclusão Digital
Resumo da palestra: A multimídia tem sido uma grande aliada no combate a exclusão digital, baseado nisso os discentes do Instituto Federal de Mato Grosso desenvolveu o projeto: Podcasting na área que visa o fim da desigualdade social através da inclusão digital usando como ferramenta de trabalho o Podcasting. Para que o projeto, contribua para a formação e na “infoinclusão” da sociedade foi criada uma metodologia denominada: os cinco passos do podcasting. A palestra está assim organizada: no primeiro item serão explanados os conceitos de inclusão digital e podcasting, o segundo item apresenta como se dará o funcionamento do projeto “Podcasting na área” e é finalizado com as considerações finais enfatizando os ideais do projeto citado. Ressaltando o uso de software livre tais passos compreenderão as seguintes abordagens: Noções de GNU/Linux; Workshop de noções de áudio; Gravação e edição – Utilização do software Audacity; Noções e configuração da ferramenta colaborativa FosWiki, Agregadores.

Sérgio Amadeu
Título da palestra: Redes Digitais e Cultura Hacker
Currículo: Informações em: http://samadeu.blogspot.com. Sérgio Amadeu da Silveira é sociólogo e Doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. É professor da pós -graduação da Faculdade de Comunicação Cásper Líbero. Autor de várias publicações, entre elas: Exclusão Digital: a miséria na era da informação. Militante do Software Livre. Sergio Amadeu da Silveira, sociólogo e doutor em Ciência Política. É Professor Titular do Programa de Mestrado em Comunicação da Faculdade Cásper Líbero. Membro do Conselho Científico da ABCiber. Foi presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação e membro do Comitê Gestor da Internet no Brasil. Autor de diversas publicações, entre elas "Comunicação digital e a construção dos commons" e "Software Livre: a luta pela liberdade do conhecimento". É ativista do movimento de software livre.

Vitório Furusho
Título da palestra: OpenDocument Format: A importância do Padrão Aberto de Documentos.
Resumo da palestra: A palestra tem como objetivo apresentar a importância do Padrão Aberto de Documentos. Por que adotar ODF. O que é ODF. As vantagens do ODF. Os avancos do ODF no Brasil e no mundo. O Protocolo Brasília sobre ODF. A Lei Paranaense sobre ODF. O Projeto de Lei no Congresso Nacional. O ODF no Governo Brasileiro. O ODF nas Prefeituras. O Case do Governo Paranaense. As novidades da próxima versão do ODF. As adesões do ODF no setor público e privado. O futuro do ODF.
Currículo: Formado em Processamento de Dados - UFPR; Trabalhou na Dimax, Ministério do Exército, Serpro, IPPUC, FAMEC, PUC PR, ABNT e Celepar. Co-autor da Lei 15742 sobre ODF OpenDocument Format no Paraná; Contribuiu para o Projeto de Lei 3070/2008 sobre ODF no Congresso Nacional; Sub sua coordenação foi publicado a norma brasileira NBR ISO 26300 ODF; Apoiou a criação do Protocolo Brasília ODF; Co-fundador da Associação Software Livre Paraná - ASL-PR; Coordenador do Gubro-PR; Membro da Comissão de Estudos na ABNT sobre ODF; Colaborador do Firefox, BrOffice.org, ODF Alliance Brasil, Br-Linux e PSL-Brasil; Ativista de Software Livre e Padrões Abertos; Trabalha com Software Livre desde 1995; Capacitou mais de 6.000 multiplicadores em Software Livre no Governo do Paraná, Colaborador e divulgador do CDTC no Paraná (só o Paraná representa mais de 25% dos participantes de todo o país); Palestrante no FISL, Latinoware, Consegi, Ensol, Circuito Celepar de Software Livre, vários outros eventos nacionais e Internacionais; Prêmio Internacional ODF Alliance 2009, Analista de Informática na Celepar e possui mais de 35 anos de experiência em TI e Educação Universitária.


Patrocínio Ouro


Patrocínio Prata


Patrocínio Bronze


Colaboração


Apoio

Organização